Prefeitura de Juína

NOTÍCIAS

VER TODAS

BIBLIOTECA DE JUÍNA RECEBE DESTAQUE INTERNACIONAL DO FÓRUM DOS PAÍSES DA AMÉRICA LATINA

Terça-feira, 30/03/2021 17:14
Assessoria de Imprensa - PMJ

O projeto Biblioteca Delivery da Secretaria Municipal de Educação de Juína através do seu Departamento de Cultura, recebeu destaque internacional durante a quarta reunião do Fórum dos Países da América Latina e Caribe. O encontro foi realizado de forma virtual entre os dias 15 e 18 de março de 2021, onde representantes de governos, instituições internacionais, do setor privado, meio acadêmico e da sociedade civil analisaram os avanços e os desafios da implementação da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável na região.

Aproximadamente 30 vídeos de seis países foram submetidos para análise durante um evento paralelo intitulado “Superando a exclusão digital em tempos de pandemia: acesso aberto a informações confiáveis sobre Desenvolvimento Sustentável”, uma iniciativa colaborativa do Escritório da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) no Brasil, Biblioteca Hernán Santa Cruz da CEPAL em Santiago do Chile, Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários (FEBAB) e Centros de Informação das Nações Unidas no Brasil e em Trinidad e Tobago.

O projeto Biblioteca Delivery é desenvolvido pelo Município de Juína, no noroeste de Mato Grosso, e contou com o apoio do Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso (MPT-MT) e da Justiça do Trabalho, que, juntos, destinaram cerca de R$ 178 mil para sua realização — o valor é oriundo de ações civis públicas movidas pelo MPT na Justiça do Trabalho contra empregadores que descumpriram a legislação trabalhista.

Com o recurso destinado pelo MPT e pela Justiça do Trabalho, o Município de Juína comprou centenas de livros físicos e digitais, além de jogos educativos, 10 notebooks, equipamentos eletrônicos e um software para integração de todas as bibliotecas públicas do município e utilização dos acervos existentes, inclusive nas áreas rurais e indígenas.

A destinação permitiu a compra de equipamentos de higienização específicos de livros e de uma moto, o que possibilitou a entrega de livros físicos nas residências. Outra demanda contemplada pelo projeto se refere à acessibilidade. Pessoas com deficiência, sobretudo com limitações visuais e locomotoras, são atendidas pelo serviço de entrega em domicílio e pelo sistema de leitura falada. Foram adquiridos dispositivos para permitir também a acessibilidade a pessoas cegas e surdas, como impressora em braile, sintetizadores de voz, tablets, leitores de livros digitais (e-readers), ampliadores eletrônicos (lupa mouse), lupas em régua e lupas manuais. Estão disponíveis ainda diversos jogos de tabuleiro educativos em braile e em libras.

Como contrapartida ao repasse, o Município assinou um termo de compromisso, por meio do qual assumiu a obrigação de manter o sistema de entrega dos livros em domicílio mesmo após a pandemia e de dar ampla publicidade do acervo e dos serviços disponíveis à população.

Willian Barros