Prefeitura de Juína
WEB RADIO JUÍNA

NOTÍCIAS

VER TODAS

JUÍNA AUXILIA MAIS UM MUNICÍPIO A IMPLANTAR LEIS DE FOMENTO À LEITURA

Segunda-feira, 30/09/2019 15:25
DEPARTAMENTO DE CULTURA

A convite da Câmara Municipal de Pimenta Bueno, em Rondônia, o secretário-adjunto de Cultura de Juína, Adriano Souza, participou na manhã de hoje, 30 de setembro, de uma série de atividades para apresentação dos projetos ligados à área de fomento à leitura. Logo pela manhã ele esteve na sessão legislativa da Câmara de Vereadores e em seguida reuniu-se  com profissionais da Cultura e Educação.

A vereadora Jordana Ferreira, autora do convite, que visitou Juína no início deste ano, destacou a importância da presença do secretário em Pimenta Bueno.

“Juína é referência para o país na área de gestão em bibliotecas, eu fiz questão de ir pessoalmente e conhecer tudo que é feito por lá. Agora, à nosso convite, trouxemos o secretário para apresentar os projetos aos colegas vereadores e nos auxiliar na implantação de leis que melhorem este segmento em nosso município”. Destacou a vereadora.

Para Adriano Souza, a contribuição com outros municípios é sempre bem-vinda.

“Ficamos felizes com o convite, o reconhecimento e também com a possibilidade de contribuir para que Pimenta Bueno implante politicas públicas no campo do livro, leitura, literatura e bibliotecas. Juína possuí exemplos concretos de que é possível sim reunir a comunidade, colocar essa pauta pra debate e construir juntos uma legislação que garanta a sustentabilidade das bibliotecas e todas ações de democratização do acesso a leitura”, destacou o secretário.

O sucesso em Juína é em função da implantação do Programa ‘Arte, Leitura e Cultura, uma Bela Mistura’ executado pela Prefeitura de Juína, por meio da Biblioteca Municipal, que recentemente foi classificado como um dos 30 pré-finalistas do Prêmio MuniCiência – Municípios Inovadores, ciclo 2019-2020, realizado em parceria entre a Confederação Nacional de Municípios (CNM) e a União Europeia. No mês de deste ano agosto, o programa foi apresentado em São Paulo como uma das 15 melhores práticas de Bibliotecas Públicas da América Latina.