Prefeitura de Juína
WEB RADIO JUÍNA

NOTÍCIAS

VER TODAS

CAMPANHA "TRABALHO INFANTIL NÃO É FESTA" CHEGA NAS COMUNIDADES RURAIS DE JUÍNA

Quarta-feira, 26/06/2019 10:18
DEPARTAMENTO DE CULTURA

A campanha ‘Trabalho Infantil Não é Festa’, realizada pela Prefeitura de Juína em parceria com o Ministério Público do Trabalho e a Justiça do Trabalho, chegou neste final de semana na comunidade rural do Distrito de Terra Roxa durante a realização da II Festa da Colheita, com o objetivo de sensibilizar a população sobre a utilização ilegal da mão de obra infantil em eventos e também dentro e fora do ambiente doméstico.

De acordo com Adriano Souza, secretário-adjunto de Cultura, a missão da campanha é chegar a todos os cantos de Juína.

“Temos uma missão de combater o trabalho infantil em todos os cantos de Juína, principalmente na zona rural, pois infelizmente ainda há muitas famílias que submetem crianças ao trabalho e isso precisa ser combatido de forma eficaz, sempre com muita informação e conscientização”, destacou o secretário.

Todo material gráfico da campanha são custeados com recursos do Ministério Público do Trabalho e da Justiça do Trabalho. A campanha tem abrangência municipal e as peças publicitárias ficam disponíveis para download nos site da Prefeitura para serem utilizadas por quaisquer órgãos, instituições ou pessoas interessadas em divulgar, apoiar e/ou replicar nos seus eventos.

Além das peças publicitárias disponíveis, a divulgação da campanha ocorre através das redes sociais, com o apoio de entidades, organizações e público em geral, através do compartilhamento de informações sobre trabalho infantil em eventos, bem como no contexto geral, orientações sobre denúncias e atribuições dos órgãos da rede de proteção da criança e do adolescente.

A campanha “Trabalho Infantil não é Festa” foi lançada no Carnaval deste ano em Juína e segue durante todo calendário cultural do município. A campanha é executada pela Prefeitura de Juína, por meio da Secretaria de Assistência Social e Departamento de Cultura, e conta com o apoio do Ministério Público do Trabalho e da Justiça do Trabalho.

Confira algumas imagens: