NOTÍCIAS

VER TODAS

Moradores de rua encontram dignidade no Projeto Resgate em Juína

Terça-feira, 14/11/2017 07:45
Rosi Zimpel

A Secretaria de Assistência Social, Cras, Creas, CTA, CAPS, Secretaria de Saúde e coordenadores do Projeto Resgate desenvolveram recentemente um trabalho de abordagem social com os moradores de rua  que estavam na Praça da Bíblia e na rodoviária de Juína.

 

Vários agentes de saúde e colaboradores das secretaria de Assistência Social estiveram no local oferecendo os serviços que são disponibilizados pela prefeitura através desses órgãos que vão desde a coleta de material para exames até o cadastramento para o acompanhamento das pessoas vulneráveis.

 

Uma das expectativas desses profissionais  é de que nessas abordagens  algumas dessas pessoas se conscientizem da situação precária em que vivem e resolvam fazer um tratamento bem como o  acompanhamento  para que possam cuidar da saúde, vencer os vícios do álcool e das drogas e assim retomarem sua vida social e o convívio familiar que na maioria das vezes é deixado de lado.

 

Na ultima abordagem que aconteceu no dia 18 de Setembro desse ano, 3 desses moradores de rua tiveram essa atitude  e encontraram esse apoio no Projeto Resgate que foi inaugurado no mês de Maio pelo prefeito Altir Peruzzo , e funciona na antiga Cadeia Pública abrigando essas pessoas que precisam de um lugar para recomeçarem suas vidas.

 

Almir Pedroso Leite, Gustavo Vilela e Aldenides Teixeira da Silva, com apoio das equipes da Secretaria de Saúde e Assistência Social decidiram deixar as ruas e receberam essa oportunidade no Projeto Resgate através do coordenador Daniel Honorato e demais voluntários que ajudam essas pessoas em sua recuperação.

 

Para o coordenador, a vinda desses 3 moradores de rua para o projeto é uma grande vitória para todos que  cooperaram com esse trabalho de abordagem, conversa e principalmente de conscientização do perigo á que estão expostos.

 

Já para esses 3 que hoje trabalham como voluntários na fabrica de cabos de vassoura e auxiliam também na limpeza e afazeres do dia a dia, essa foi uma grande oportunidade de retomarem suas vidas, ter um teto, refeição na hora certa e um trabalho digno.